Domingo na Paulista fechada

Em 01.02.2017   Arquivado em Cotidiano, Projetos

Eu não sei vocês, mas todas as vezes que eu vou concluir projetos pessoais as coisas se arrastam pra terminar. O que dá a entender que tudo que eu faço pra mim mesma é meio que na má vontade. Ou pelo menos é o que o meu eu patrão diria para o meu eu trabalhador. Mas não é bem isso que acontece! Na real eu nem sei de fato se tem uma razão pra isso acontecer. E olha que eu vivo reclamando aqui no blog da minha falta de motivação e da procrastinação maluca que assola a minha vida, mas eu ainda não consegui sair dessa vida, aaargh!!!!111!!!!1111 (hihi)

Um exemplo chocante (se você não me conhece eu tendo a ser um pouco dramática, as vezes. Por isso chocante não é uma boa palavra para descrever isso, mas né…) disso é o mais recente vídeo que eu postei no YouTube: Eu consegui demorar mais de UM mês pra editar ele todo! Um vídeo que no final ficou com 5 minutos, e que eu demoraria no máximo 3 dias pra fazer ¬¬

Mesmo eu gostando muito dos meus projetos pessoais e de aprender coisas novas com eles eu ainda me deixo levar com coisas menos importantes ou com tarefas menos prazerosas. Eu sei que trabalhar em cima de nossas próprias falhas nem sempre é algo fácil, mas se eu já consigo identificar o que está errado, aí, deve ser mais fácil corrigir, não?

De qualquer maneira o post de hoje é pra apresentar mais uma adição para o meu portfólio \O/

Teve um domingo ai que eu resolvi ir sozinha para a filmar a Paulista em mais um de seus domingo fechados para os carros. É uma ótima experiência, sério. Eu fui antes do natal e achei que teria altas coisinhas natalinas para capturar, mas no fim eu só terminei de constatar que nós paulistas estamos perdendo mais e mais o “espírito natalino”. Eu lembro de alguns anos atrás a Paulista decorada para o natal era muito bonita, e até mesmo as coisas mais bregas eram legais. Mas em 2016 não tinha quase nada, nem parecia que era época de natal u.u

Aquele dia foi bem bacana, eu encontrei o pessoal do Fotografando a Mesa nas gravações do clip “Papai Noel Feio”. Tava muito calor mesmo, o sol tava de matar, tanto que eu me queimei e fiquei vermelha nos ombros e no rosto! Eu fui muito inteligente aquele dia de não ter passado protetor. Mas eles não se deixaram abalar e fizeram umas 2 ou 3 horas de gravação. Eu também não fiquei atrás e fiz mais ou menos o mesmo tempo, hehe.

Então, eu acho que é isso. Espero que goste do vídeo, não vou pedir pra você se inscrever no meu canal, porque ele não é realmente um canal :p Até mais pro 6

PS: Simplesmente ignorem o fato de aqui em baixo eu colocar o link do meu Youtube e, aparentemente, pedirem para vocês me seguirem :p

Me sigaaaaa:

Instagram

Youtube

Twitter

Os incríveis Covers do Youtube

Em 17.08.2016   Arquivado em Favoritos

tvde29-youtubecovers

Tem muitos anos que eu não vejo tv da maneira que eu via quando era criança. E eu acho que desde a oitava série eu não tenho tv no quarto. Essa atitude melhorou consideravelmente meu sono (sim, a tv estraga o sono, pessoas) e desde então o YouTube se tornou meu companheiro quando se trata de entretenimento em vídeo! Eu acho que muitas pessoas adotaram esse hábito, principalmente com o advento da Netflix e do Crunchyroll (é impossível escrever esta palavra, gente), amém.

E lááááááááá atrás quando eu ainda trabalhava em uma agência, e podia ouvir música enquanto trabalhava, eu comecei a procurar coisas diferentes pra ouvir. E caso você não saiba eu não sou exatamente uma fã de músicas. Quer dizer eu gosto de música, sim, muito, mas não da maneira que todo mundo gosta. Por exemplo, eu prefiro músicas incidentais, não sou fã de bandas (gosto de poucas) e por isso quando eu entrei no mundo das trilhas sonoras eu nunca mais sai, e posso dizer que 98% de tudo que eu escuto é trilha sonora, desde filmes, animes a jogos de vídeo game! Trilha sonora é amor, gente <3

Definição da Wikipédia sobre trilhas incidentais: “Música Incidental é a música que acompanha uma obra teatral, um programa de televisão, um programa de rádio, um videogame e outras formas que não são o princípio musical.” É a tal da música de fundo, que não tem uma letra e dá um arrepio na espinha quando ela é muito boa!

Essa divagação toda foi pra dizer que ontem eu estava revendo a minha lista de favoritos pré histórica de vídeos do YouTube, por que eu queria ouvir novamente um cover de uma música que eu nem curto tanto, mas o cover dessa menina é tão bacana que vira e mexe eu me pego cantando ela. Aí, nesse embalo, eu fui revendo os outros vídeos, e na nostalgia (eu sou um ser bem nostálgico) eu vi que a maioria daqueles vídeos eram de covers de músicas de vídeo game! Eu nem tinha reparado no padrão na época em que fiz a seleção! Aí, é claro que eu pensei que poderia dar um ótimo post (será?). Nada mais justo começar com a razão deste post estar sendo redigido, não?

 

Pelo que a minha memória de merda me diz, eu escutei essa música em algum episódio de Supernatural e achei ela legal, mas não tinha gostado do ritmo. Eu nem sabia que a música do seriado já era um cover, e ainda assim eu procurei por outro! Quando eu escutei o dessa moça eu já gostei de cara (é, eu sou assim, as vezes tenho que escutar uma música algumas vezes pra ter certeza que eu não gosto), e eu sempre escutava, mas por alguma razão desconhecida, eu não tinha colocado ela nos meus favoritos. Eu gosto tanto desta música que eu tinha até criado uma história com uma pegada meio de musical, na minha cabeça! A Lauren tem um canal focado em música, tanto de cover quanto de criações próprias, e sinceramente eu acho que as versões dela são bem melhores que as originais, ahaha 🙂

 

Shadow of the Colossus é um dos meus jogos favoritos da vida e quando eu terminei ele pela primeira vez (cof, cof, foram pelo menos duas e meia, o que é um grande feito para a minha pessoa que só joga uma vez) eu fiquei maluca e obsessiva com o universo do jogo, e eu ouvia a trilha sonora todos os dias. TODOS. OS. DIAS. E como se não bastasse eu fui procurar covers das músicas do jogo e acabei esbarrando com esse moço incrível e talentoso pacas. Eu tava tentando aprender a tocar violão na época e eu ficava impressionada com a rapidez nos dedos dele!!

 

Eu já mencionei algumas vezes por aqui que eu gosto de Silent Hill, e claaaro que alguma música entraria nesta lista, certo (novamente sem muita criatividade a pessoa, né?). Mas esses dois moços foram além! Eles não só fizeram um cover como fizeram um medley (quando são várias músicas em uma apenas, sem intervalos entre uma e outra) de músicas dos jogos!! No meio eles ainda colocaram uma música original deles, que combina com o clima das outras. O canal do With Ether também é focado em músicas, covers e algumas originais deles, eu acho o máximo esse entrosamento que eles tem, mesmo que algumas vezes eles estejam gravando longe um do outro! E o mais incrível é o que o Deus, Akira Yamaoka, quem compôs as músicas de quase todos os jogos da série, viu o vídeo e comentou que gostou. Se fosse eu, tinha morrido de felicidade ali mesmo!

tvde29-akiracover

 

Este vídeo não é um dos que estavam na minha lista de favoritos, já que o canal dele também é voltado para músicas covers, com algumas originais aqui e ali, eu resolvi pegar uma mais nova, mas que não tira a essência do que era na época em que conheci os vídeos deles. As músicas nunca são a cópia da original, sempre tem alguma modificação no tom que ele adiciona, e eu acho que fica perfeito desse jeito mesmo. Da pra notar exatamente o espirito do canal dele com a abertura de Gravity Falls (um desenho muito maneiro, que tem na Netflix). Pra não perder o hábito, dê uma checada nas versões que ele compôs para as músicas de Dark Souls <3

 

E pra não falar que não tem Brasileiros aqui eu vou colocar um bem obvio, mas nem por isso menos divertido, os Castro Brothers, com suas versões, que na real são mais paródias. Lá no começo, quando eu conheci o canal, o assunto era sempre vídeo game, no Joystick um Violão, mas hoje mudou e eles falam do que der na telha, não que isso seja ruim! Um dos últimos é sobre as tomadas de 3 pinos, e eu ri muito, hahaha. O canal deles não é só voltado para música, é bem versátil! Pra você ter uma ideia da versatilidade deles, eles criaram um jogo de vídeo game!! O “A Lenda do Herói”, que é baseado em uma série de vídeos que eles fizeram com um personagem fixo mudando as músicas de inspiração. A série fez tanto sucesso, que eles resolveram fazer o jogo, por crowdfunding, no Catarse (eu fiz um post sobre isso aqui, lembram?).

 

E o ultimo é também um medley, mas dessa vez sobre desenhos animados antigos!!! A performance dos dois é muito bonitinha e ensaiadinha, deve ter sido complicado fazer ela várias vezes até acertar. Sem contar que eles cantam muito bem. Agente pode não estar familiarizado com as músicas em inglês, mas ainda assim não tira a graça do vídeo. E pra quem manja um pouco da lingua, o vídeo trás trívias sobre os programas tocados. O canal dela também é voltado para músicas originais e alguns covers muito bons, pena que ela posta com pouca frequência 🙂

Não é sempre que eu saio a procura de novos covers, mas eu acho muito admirável quem se dispõe a aprender uma música assim por amor, e na maioria das vezes aprende só ouvindo e indo na tentativa e erro mesmo! Você curte covers? Conhece algum muito incrível que eu deveria ouvir?

Me sigaaaaa:

facebook.com/tvde29

instagram.com/jessica_torlezi

youtube.com/user/JES19141