Categoria "Jogos"

Finalmente, eu joguei PT

Em 28.01.2016   Arquivado em Cotidiano, Jogos

Enquanto eu me perguntava se esse fato valia um post ou não, a grande novela que envolvia a Konami e o Kojima, terminou. De maneira satisfatória, eu diria, cada um para o seu lado cuidando da própria vida, amém. Pra não ficar no vaco, caso você não saiba de nada da Grande Novela, eu sugiro que você leia essa matéria pra ficar sabendo de tudo.

tvde29_finalmente_joguei_pt2

Na minha casa eu passo correndo de olhos fechados, gritando pela minha mãe

Enfim, dramas a parte, eu finalmente joguei a demo do meu falecido Silent Hills, e foi uma experiência interessante. Um amigo meu ainda tinha PT no PS4 dele, mas ele nunca nem sequer tinha iniciado o jogo maricas. Eu sempre ia na casa dele, mas nunca surgia uma oportunidade de jogar, mas em um belo dia de verão, quer dizer uma bela noite de verão, eu fui malvada o suficiente pra esperar anoitecer pra dar a ideia de jogar. Na minha cabeça todo mundo, isso incluía mais umas três pessoas, iam continuar vivendo a vida deles enquanto eu jogava sozinha na sala, mas no fim todos foram assistir, o que foi ótimo, porque eu não me caguei sozinha. Comecei o bentido, tensão total na sala, meu amigo ficava falando “eita”, minha amiga falava “porque mesmo agente vai jogar isso?”. Hahaha.

Tá vamos por partes: a demo é em primeira pessoa, se passa todo em uma casa, um ambiente fechado, claustrofóbico, os gráficos são os melhores possíveis (eles alegaram que diminuíram o poder gráfico para ficar mais parecido com um jogo indie), os sons e as músicas são de tirar o sono, a imersão é total, o seu personagem é impotente, você toma sustos bobos, ou seja tudo da série Silent Hill está presente nessa demo. Mesmo com os meus amigos na sala e com meu namorado do meu lado (que tem coração de ferro) eu estava com o cu na mão muito medo! E olha que eu já tinha visto todo o gameplay de PT antes, logo eu já sabia tudo o que ia acontecer durante o jogo e mesmo assim eu não conseguia relaxar.

tvde29_finalmente_joguei_pt

PT é um Playable Teaser, feito pra esconder o trailer do que seria Silent Hills no futuro, mas pra você chegar lá, pra ter essa recompensa é difícil, viu. Primeiro que o jogo não explica nada pro jogador, ele é enigmático, com muitos puzzles complicados e não intuitivos. Tanto que o ultimo puzzle eu passei o controle pro meu amigo e fui procurar na internet uma maneira de fazer. Mas no fim nós fizemos do nosso jeito e conseguimos ver o trailer primoroso. Mas nem por isso o jogo não é, digamos, charmoso. Você começa em uma sala suja e depois vai pra um corredor muito bem iluminado, em quesitos técnicos, ok, porque se a minha casa fosse iluminada daquela maneira eu teria morrido do coração faz tempo, e o jogo segue nesse mesmo corredor, com um cômodo a mais e só, durante todo o tempo, você fica andando em loops e isso é angustiante demais! De personagem tem você, o bebê Feijão dos Infernos e a Fantasma camarada do Capiroto, que é de extrema importância pra fazer o puzzle final. PT não é nada amigável e força um pensamento e uma paciência, sem contar toda a sua coragem, que é posta a prova a todo fucking minuto. Jogar aquilo por muito tempo exige força mental e física, por que a tensão é tanta que seu corpo fica duro.

Aí você me pergunta: porque você jogou isso, mesmo? Uma resposta: Silent Hill.

É a minha franquia de jogos favorita, então eu não tinha como não jogar! E tem mais, um teaser, gratuito, que só existiu pra esconder um trailer e um conceito, ganhou em várias listas a primeira colocação de jogo do ano. Vale ou não? Vale, sempre. Outra coisa: enredo. Sim, a demo deve ter uma média de duas horas de duração, mas conseguiu colocar uma história lá que me intrigou até o ultimo minuto. Nunca foi confirmado que essa história teria algo relacionado com a linha narrativa do que viria a ser Silent Hills, e nem precisa, ela se segura sozinha (acho que eu não vou comentar sobre o que ela fala!! Hihihi).

tvde29_finalmente_joguei_pt3

Adele se inspirou em PT pra fazer o novo CD dela!!

Ah, e a câmera desse jogo, pessoas, tem aquele efeito de desfocar o fundo que me deixava com uma agonia sem fim, porque não dá pra ver o fundo direito e eu sempre achava que a fantasma tava lá me esperando, no fundo da tela, aargh. Você quer jogar, mas não tem um video game? No canal do Jogabilidade tem um gameplay fantástico, que se visto nas condições certas você vai, sim, ficar com medo também!

E por agora só vou ficar na torcida de que o próximo jogo do Kojima seja algo relacionado a terror! Você joga jogos de terror, e filmes, assiste? Comente. Beijos, até

A novela chamada Silent Hills, Kojima e Konami

Em 31.05.2015   Arquivado em Cotidiano, Jogos

tvde29-silent-hills2

O meu blog foi feito pra eu poder expressar coisas que eu goste e que eu quero que as pessoas gostem ou tenham um primeiro contato que seja bom e que elas tirem proveito disso. Naturalmente você, meu leitor, está fadado as minhas opiniões e pronto, e isso é um relacionamento entre nós que não pode ser trocado e nem alterado por terceiros. Maaaas, nesse mundinho véio sem porteira, algumas coisas dependem de terceiros e nem eu e nem vocês podemos alterar. Divaguei com palavras meio sem sentido, pra entrar em um assunto que na certa não faz a menor diferença pra você, mas que faz pra mim que sou fã, e faz pra você que é fã de qualquer outra coisa e tem aquele pesar quando a tal coisa acaba ~principalmente quando ela acaba mal~, isso é pra você simpatizar comigo e nada mais. Pense em Lost e em como você odiou aquele final. Pense no fim de Harry Potter ou no fim de Indiana Jones. Ou como Jurassic Park três acabou com a sua infância.

Bem umas duas semanas atrás eu fatidicamente descobri, pelo meu amigo Lucas, que uma das minhas séries de jogos de horror mais querida de todos os tempos, que não andava tão bem das pernas foi cancelada!!! Assim, do nada e por besteira (ou não). Choro oceanos de lágrimas até agora por saber que eu nunca vou jogar Silent Hills.

Silent Hills, ia ser o novo jogo da franquia Silent Hill, produzida e dirigida pelo Hideo Kojima e pelo Guilermo Dell Toro (sim, o cara dos filmes), e o personagem principal desse novo jogo seria o Norman Reedus (sim, o cara de The Walking Dead). Depois do sucesso arrebatador de P.T, meu coração tava pulando pela boca pra poder jogar esse joguinho que me prometia horas de sustos e histórias magnificas, mas né, não vai rolar mais. A mutreta começou com a saída conturbada de Hideo Kojima (somente o moço que inventou Metal Gear, e que era o CEO da Konami ~ou algo do tipo~), a empresa começou a tentar apagar os dados dele de algumas páginas na internets, gerando algumas polêmicas e muito medo no meu coração por conta do jogo. Poucos dias depois veio a confirmação de que o jogo seria cancelado.

tvde29-silent-hills

Tomara que ela perturbe os sonhos de todo mundo na Konami!

Eu li alguns rumores de que a Microsoft pode adquirir os direitos de produzir Silent Hillls, mas, gente, todo mundo sabe que não vai ser a mesma coisa (cof, cof, Gears of wars fellings). Só choro, nada mais.

E essa é a minha desgostosa declaração.

O que você acha disso tudo? Sofreu alguma decepção do tipo recentemente? Até mais.

Motivos para você jogar Okami

Em 17.05.2015   Arquivado em Jogos

tvde29-okami4

Okami foi um jogo que o meu namorado me apresentou na época em que meu Ps2 ainda tinha vida ativa quase todos os dias. E foi uma descoberta tão boa. Não vou me estender nas declarações de amor a esse jogo, mas pra você ter uma ideia do quanto eu gosto desse joguinho eu já zerei ele umas 4 vezes e meia, em duas plataformas diferentes e foi o primeiro jogo de Playstation 3 que eu fiz questão de platinar, e olha que eu nem tento mais perder meu tempo em platinar jogos, mas eu com certeza platinaria Okami mais uma vez!!!

tvde29-okami

Mas hoje eu estou aqui pra poder disseminar o meu amor e fazer com que você também de uma chance pra minha lobinha favorita! Ah, e só pra você não dizer que eu sou fanboy, mimimi, eu digo uma coisa chata do jogo lá no final, ok!

1- Ele é um dos jogos visualmente mais lindos de todos os tempos: Que se dane os gráficos da nova geração, e os gráficos de The Last of Us ~não, eu não disse isso, mas eu disse~, aqui parece que foi tudo pintado a mão, e é tudo tão coloridinho e fofinho. Eu me lembro que sempre que eu chegava em uma área nova de ficar parada só olhando os cenários, a direção de arte desse jogo é sem igual.

2- Okami é um jogo longo, mas por ter uma história muito bacana e bem contada. Além de ter muitas histórias paralelas de personagens secundários, com tramas sempre emocionantes e com alguma lição para ensinar. Tudo é muito rico na cultura japonesa (que eu amo pouco, né) e eu acabei descobrindo um pouco mais sobre lendas famosas de lá, como a da Kaguya Hime, a princesa do bambu, que é a lenda mais antiga de lá!

3- As músicas de Okami moram no meu coração e no meu celular, e eu escuto ela quase completa pelo menos umas duas vezes na semana! Ela é bem inspirada em músicas japonesas de raiz e tem algumas com batidas daqueles tambores ou com aquele instrumento de cordas que eu acho que chama Chamisen e com pessoas dando aqueles gritinhos de lutas, que eu gosto e me divirto muito ouvindo, combina demais com o jogo!

4- Eu me divirto demais jogando Okami, a jogabilidade é muito fácil e penso nesse jogo como um quase RPG. Digo quase, por ter poucos elementos de RPG mesmo, mas por ser beeem longo, ahaha. E também por ela evoluir usando “pontos” pra melhorar seus poderes de tinta. Sim, a coisa mais curiosa do jogo definitivamente é o poder dela: Criar coisas a partir de tinta! Não sei se eu vou me explicar direito, mas ela tem o poder de fazer coisas, criar coisas, fazer vento, água, e muitas outras coisas, tudo a partir de tinta celestial e do rabo dela, que funciona como um pincel. E a parte legal é que pra fazer o poder dar certo você precisa desenhar com o controle. No começo parece complicado, mas quando você acostuma fica mais fácil de reproduzir.

5- O preço. Sim, o preço. Gente tem tantos jogos bons e baratos hoje em dia, mas tantos, e tem tantas opções. Eu assino a PSN Plus que me da jogos gratuitos todos os meses e me dá bons descontos em vários jogos. Eu não comprei Okami na promoção, mas eu paguei apenas 30 reais nele, e eu acho muito barato, pessoas. Quando que jogos eletrônicos custaram 30 reais? (sem ser pirata, né?)

Coisa Ruim- O único problema que eu vejo em Okami é que o começo do jogo é muito, mas muito longo, demora muito pra começar o jogo de fato, e isso pode irritar essa geração de apressadinhos. E por ser um jogo com muita história, você tem que prestar muita atenção nos diálogos, se não você vai ficar agarrada em certas partes do jogo.

tvde29-okami2

Acho que Okami é exclusivo para Playstation, mas se você tiver a oportunidade de jogar, faça isso!

Eu tenho uma pequena lista de jogos baratos e bem legais pra indicar, então aguardem cenas do próximo capítulos, hehe.

tvde29-okami3

Agora mudando de assunto, totalmente: Tá meio complicado postar nessas semanas, porque eu meio que mudei de horário no meu serviço e ainda não me adaptei por completo. Se você que lê por aqui (e você não é minha mãe) está me odiando por nunca mais ter postado nada tenha paciência comigo, eu levo essa bagaça a sério, juro, mas ainda não cheguei lá! Me perdoem, Ok!

 

Me conte se você já jogou Okami alguma vez e se, assim como eu, também é apaixonado por esse jogo!

Página 1 de 212