Posts de Março de 2015

Meus 3 preferidos do vovô Miyazaki

Em 31.03.2015   Arquivado em Favoritos

Sim, escolher três filmes de um dos meus diretores favoritos vai ser bem complicado, mas, ao mesmo tempo, vai ser fácil. Isso porque eu tenho bem claro na minha cabeça qual é o que vem primeiro. Eu sou aquele tipo de pessoa que não consegue decidir se quer comer hambúrguer ou pizza, e nem ser objetiva com nenhuma das minhas decisões, mas estranhamente eu sei qual é o filme que mais gosto do senhor Miyazaki. Eu adoro os filmes da Ghibli, eles são leves, extremamente lindos, coloridos, e sempre trazem algum tipo de ensinamento. Se você está meio deprê, ou mesmo com aquela preguiça de viver, assista qualquer um dos filmes de Hayao Miyazaki, e, panz, você se sentirá muito melhor e sem pesos na sua alma. Claro que ele também fez filmes mais adultos, com temas mais complicados de lidar, mas até esses mais cabeças são leves e fofinhos. Bom, mas e quais são as minhas escolhas pra você terminar de ler esse post e ir correndo ver, comendo aquela pipoquinha? Acompanhe:

tvde29-porcorosso

Porco Rosso (kurenai no buta): O filme que eu mais gosto dele tem uma vantagem enorme sobre os outro: dá pra assistir dublado! Esse não costuma ser um critério na hora que eu vou escolher um filme, já que eu sempre prefiro o áudio original, mas a dublagem de Porco Rosso é tão bom que conquistou meu coração assim que eu comecei a assistir. Engraçado é que o título no Brasil ficou como “Porco Rosso: O Ultimo Herói Romântico”, até que combina com o filme, viu?!

O filme se passa no período entre as duas guerras, na Italia, e mostra as aventuras e desventuras de Marco Pagot, que tem uma cabeça de porco e corpo de homem e que ganha a vida como caçador de recompensas capturando “piratas do ar” em seu hidroavião, além de participar de corridas com ele, e ainda ajudar uma menininha a realizar seus sonhos de construir seu próprio hidroavião. È muito amor dentro do filme todo.

tvde29-totoro

Meu Vizinho, Totoro (tonari no totoro): Esse, sem dúvidas, é o filme mais fofo da minha lista. Eu amo tudo do Totoro, ele não é a coisa mais fofo do planeta? Essa animação também tem áudio dublado em português e também é muito boa. Aliás esses filmes da Ghibli são bem antigos e alguns deles tinham em fita cassete! Por isso que esses três da minha lista tem versão dublada! Pra vocês terem uma ideia Totoro é de 1988!

Acho que um dos fatos mais legais é que o filme ficou tão famoso que o Totoro virou a mascote do estúdio.

O filme narra a história de um pai e suas duas filhas, Mei e Satsuki, que se mudam para uma cidade do interior para poderem ficar mais perto do hospital em que a mãe das meninas está internada com alguma doença que eu não lembro qual é… Aí, as duas meninas acham o Totoro, o guardião do bosque que beira a casa delas e tudo é uma festa e uma alegria com ônibus em formato de gato (que assusta um pouco).

tvde29-mononokehime

Ele tem motivos para ter medo da sogra!

Princesa Mononoke (Mononoke Hime): O filme mais lindo e mais emocionante que eu já vi feito em animação até hoje! Tudo nesse filme é impressionante. As cores são belas, as animações são fluidas e bem feitas, o roteiro é muito bem escrito e tem uma história comovente e que te ensina muita coisa se você quiser aprender, tudo me deixa de boca aberta. O filme retrata a indiferença dos homens para com os animais e a natureza quando se trata de se tirar recursos minerais da floresta para se viver bem, custe o que custar.

Mononoke Hime é de 1997, mas eu posso dizer que sua veia moral permeia até hoje, e posso dizer que o homem continua fazendo as mesmas coisas, se não pior. È claro que no meio de toda essa guerra de animais da floresta ainda tem uma relação de amor e amizade entre Sam, a Princesa Mononoke que foi adotada por Lobos e Ashitaka, o Príncipe amaldiçoado. Pontos positivos para a animação do Guardião da Floresta, que assim que ele pisa crescem flores pra morrerem em seguida, deve ter dado trabalho fazer essa parte!

Tirando o fato de que eu não sei analisar filmes e nem fazer bons comentários, esses são os três filmes do estúdio Ghibli que eu mais sou apaixonada, mas eu gosto de todos os outros também. Como foi só depois de A Viagem de Shihiro que os filmes do esúdio tiveram um sucesso maior, até pouco tempo não tinha dvds para comprar, mas a Livraria Cultura tem dois box exclusivos, com 6 filmes no total, incluindo esses três que eu citei! Eu espero um dia poder visitar o museu da Ghibli no Japão quando eu for para lá, vai ser um sonho! Qual seu filme favorito do nosso querido vovô? Beijos.

Podcasts

Em 26.03.2015   Arquivado em Favoritos

Eu sempre gostei muito de ler revistas, mas também sempre me incomodei em ter que guardá-las depois. Revistas e livros ocupam muito espaço e mesmo que eu adore lê-las não sinto tanto esse apego pelas minhas revistas igual que eu sinto pelos meus livros ou mangás. Por isso que quando eu tiver uma tablet (um ou uma? Não sei!) eu vou, com certeza, ter algumas assinaturas de revistas digitais, por que mesmo que a internet seja (o covil do demônio) uma ferramenta que tem como substituir esse tipo de veículo eu ainda sinto um pouco de falta da relação mais pessoal que eu tinha com os meus títulos mais lidos. Acho que é por isso que eu gosto tanto de blogs e de Podcasts. Eu tenho uma lista meio grande de blogs que eu costumo ler, e pensei em fazer um post disso, mas confesso que bateu aquela preguiça e isso meio que vai ficar pra próxima, juro! E como a minha lista de Poscasts é bem menor resolvi fazer esse primeiro.

tvde29-podcasts

O primeiro podcast que eu escutei tem pelo menos uns 3 anos, com uma indicação do meu namorado. Eu me lembro que nós ficávamos discutindo sobre cinema e videogames e ele sempre mencionava um site de podcasts muito bacana, e que já era meio antigo na época, o Rapadura Cast do site Cinema com Rapadura. Naquela época os casts eram apresentados pelo dono do site, o Jurandir Filho e o convidado fixo Mauricio Saldanha. Lembro até hoje que o primeiro cast que eu escutei foi sobre roteiristas, e no inicio eu fiquei com um pouco de vergonha alheia de escutar aquelas pessoas falando desenfreadamente e fazendo umas piadinhas sem graça, mas eu logo me identifiquei com aquele mundo, principalmente por falar de um tema que eu amo tanto.

E na mesma época eu já tinha declarado todo meu amor por Silent Hill pro meu namorado, tanto que eu já tinha emprestado todos os jogos que eu tinha pra Playstation 2 da franquia pra ele poder jogar. Ele sempre comentava de um Podcast antigo sobre jogos que infelizmente já tinha acabado, mas tinha um cast especifico sobre Silent Hill que era muito bom e que eu tinha que escutar. O Poscast em questão era o NowLoading, e ele tinha achado uma lista com todos os casts que eles tinham feito, mas eles estavam todos hospedados no MegaUploaded (lembram?) e o site já estava congelado por isso eu não conseguia escutar. Pouco depois nós descobrimos que os integrantes do grupo tinham formado outros sites pra continuarem falando sobre aquilo que eles gostavam, o Fênix Down e o Jogabilidade. Quando eu comecei a escutar o Jogabilidade, ná época só com a André e com o Rick, de cara eles viraram meus queridinhos e até hoje eu escuto e encaro eles como minha principal forma de me interar sobre o mundo dos games.

Zuando com André Campos

Zuando com André Campos

 

Seguindo com a lista vem o podcast do site nerd mais conhecido do Brasilsilsilsil: Jovem Nerd! Eu sempre gostei de ouvir o NerdCast, mas eu não sei o que acontece que eu quase não escuto ele hoje em dia. Acho que sai muitos casts por semana e eu tenho que escolher entre todos os que eu costumo escutar e acabo tendo aquela minha preguiça clássica! Mas o que eu gosto muito do Jovem Nerd é a variedade de temas, acho que eles nunca vão reclamar de falta de assunto. Sem contar que eles são extremamente engraçados e informativos também.

 

Depois vem mais uma indicação do meu namorado, o 99 Vidas, mais um site do Jurandir Filho, mas que dessa vez fala de jogos antigos. No fundo é um cast de jogos que fala de velharia, com algumas coisas novas e muitas histórias de nostalgias. Acho que é muito divertido ficar escutando as conversas dos integrantes e você acaba se identificando com as peripécias que eles contam. E claro, fica sabendo de muitas curiosidades legais sobre aqueles jogos antigos que você costumava jogar quando era pivete, ou no meu caso, piveta!

Recentemente eu descobri o mundo freak, que tem alguns casts sobre mistérios, o sobrenatural, e afins, e achei muito legal, bem editado e com temas diferentes então ele também vai entrar na lista, mesmo sendo algo bem recente eu curti bastante.

Exata descrição do Jovem Nerd!!!

Exata descrição do Jovem Nerd!!!

Viu como a lista de casts que eu escuto é bem pequena?! E pra você ver como eu ando administrando mal o meu tempo, vira e mexe eu não consigo escutar todos! Você costuma consumir esse tipo de mídia? Quais casts costuma ouvir, e onde costuma ouvir? Beijos.

 

 

Lista de desejos: Livros de Culinária

Em 22.03.2015   Arquivado em Comida, Favoritos

tvde29-tortacerejai

Desde que eu comecei a trabalhar em uma livraria eu não tenho conseguido evitar o meu hábito de ficar lendo a orelha de todos os livros e quadrinhos que eu acho interessante. E isso faz com que eu queira ler uns 3 livros por dia, o que se eu somar pra vida deve dar uns bons milhões (sendo que eu não vou conseguir ler nem 20 até dezembro, que dirá milhões até o final da minha vida!). Mas também fiz uma descoberta deliciosa: Eu adoro livros de culinária! E eu descobri um mundo a parte nesse tema. Tem TANTOS livros sobre comidas e bebidas que eu nem sequer podia imaginar. Eu até gosto de cozinhar, mas isso nem sempre foi assim (se você é como eu, clique aqui e descubra umas dicas minhas pra não errar mais na cozinha), por isso me falta um pouco de criatividade na hora de fazer as refeiçoes. Ai, eu comprei meu primeiro livro de receitas, ele era bem introdutório, tinhas umas dicas bem legais, mas eu achei que vinha muito poucas receitas e a maioria eram muito difíceis e com uns ingredientes muito requintados. Mas, nessa minha mais nova empreitada de ver todos os livros que eu puder em um dia, incluindo os de culinária, eu meio que vi que essas receitas com ingredientes que nós não costumamos usar no dia a dia são bem comuns.

Bom, depois daquele primeiro livro eu comprei o lindíssimo livro da Dani Noce, e foi paixão, meu povo, eu queria fazer todas as receitas no primeiro dia, porque tudo era muito gostoso, e o livro é realmente muito bonito e bem acabado (o meu tem as bordinhas rosas, hihi). Inclusive, eu fiz algumas das receitas e postei no meu Instagram (me segue lá, chuchu). Depois desse eu resolvi que um livro é pouco e eu quero mais, muito mais. E eu já escolhi os que eu mais estou com vontade de ter, seja por beleza de design ou pelas receitas Mara que eu fico babando quando estou folheando.

Tortas de Frutas: Eu amo tortas, tanto salgadas quanto as doces. Mas, até ter comprado meu livro da Dani eu nunca tinha feito uma torta sozinha! E foi lindo quando eu fiz a minha primeira, que eu ainda fiz de cereja, que é uma das minhas frutas favoritas!!! Esse livro só tem tortas doces, e só as de frutas, e eu amo frutas, então é um super acerto. Só de ficar olhando as fotos eu passo mal de vontade, gente!

500 Sucos: Como eu já disse eu gosto muito de comer frutas, e também adoro beber sucos de fruta, mas uma coisa que me falta na hora de preparar essas bebidas é criatividade. Eu fico meio receosa se a combinação vai dar certo e acabo sempre fazendo as mesmas coisas. Mas assim que eu adquirir essa belezinha eu vou ter combinações infinitas de sucos pra fazer, haha.

Tortas Caseiras: Como o outro livro de tortas que eu quero só tem as receitas doces esse aqui ira suprir as minhas necessidades de tortas salgadas! Tem uma mais delícia que a outra. Com esse livro eu vou conseguir dizer adeus a mesma torta de frango ou de atum que eu comia sempre, hehe.

500 Sushis: Eu simplesmente amo comida japonesa, e recentemente eu descobri que sei fazer arroz para sushi e que ele fica muito bom, modéstia a parte. Imagino que fazer comida japonesa em casa saia um pouco mais em conta, então esse livro vai me salvar n=os meus momentos de pobreza, mas que eu quero muito comer um niguiri! Sem contar que dentro do livro tem muito mais coisas legais do que só sushi, ensina a fazer misoshiro e caldo de Hondashi para temperar peixes e afins.

Vinhos, aprenda na prática a degustar a bebida: Nossa eu gosto muito de vinho. Acho que é a minha bebida alcoólica preferida. Só não tomo muito por questões obvias e porque vinho tinto mancha os dentes, e vinho tinto é o que eu mais consumo. Eu sempre achei lindo as pessoas que sabem degustar vinho de verdade, com toda aquela pose e tals, mas pra fazer um curso eu nunca me animei muito e acho meio caro também. Como eu estou querendo voltar com a minha meta de aprender coisas lendo livros esse em questão é perfeito! Ele é muito completo e bem explicado e cheio de fotos, com certeza vou me tornar A Somelier depois de ler ele, haha.

Sobremesas e Vinhos: Esse aqui entra no quesito “adorei o título e a capa é LINDA”. Eu nunca folheei esse livro porque ele vem dentro de uma capa dourada lindíssima e é meio trabalhoso tirar ele de lá, mas como eu gosto muito de receitas que vão vinho no modo de preparo eu imagino que esse livro seja além de muito bonito tenha receitas gostosíssimas.

Essa lista está sim por ordem de preferência, mesmo porque tem uma torta de ameixa que parece ser tão boa, que eu tenho certeza que o primiero livro que eu vou comprar vai ser o das tortas de frutas! Você tem algum livro de culinária que tem namorado recentemente? Tem costume de usar receitas na hora de cozinhar ou você é mais criativo que eu e faz tudo de cabeça na hora?

 

Página 1 de 3123